terça-feira, 11 de outubro de 2011

#QuemSeLembra?

Mexe, mexe, mexe com as mã-ã-ãos, pequeninas!
Chiquititas!

As criancinhas órfãs tinham uma relação super carinhosa com a  tia Carolina, a empática diretora do Orfanato Raio de Luz, e a trama era permeada por dramas variados, namoricos, acidentes bizarros, vilões mascarados e muitas, muitas cenas musicais!
Essa produção do Sistema Brasileiro de Televisão abriu portas para uma nova geração de atores; Fernanda Souza (que hoje em dia namora o Rodriguinho do Exaltasamba), Jonatas Faro (ex-marido de Danielle Winits), Stephany Brito (ex-mulher do jogador de futebol Alexandre Pato), Débora Falabella, Carmo Dalla Vecchia, Bruno Gagliasso (o único que tornou-se um excelente ator), dentre outros de menor destaque.



Ah, que saudosismo... As cenas musicais ao final de cada episódio sendo repetidas milhares de vezes, a protagonista Mili perdendo a visão enquanto esperava o retorno de sua misteriosa mãe, a coadjuvante Dani despencando varanda abaixo (por causa de uma barata) para ficar paraplégica, o fraco elenco de apoio, os cinco CDs culpados pela separação litigiosa dos nossos pais (que brigaram na justiça para NÃO ficar com a nossa guarda), a decadência a cada nova temporada e o derradeiro final naquele celeiro do formigueiro mágico; WTF? Criança não tem muitos critérios, e não tê-los nos anos 90 foi uma benção!


NÃO ME DIGA MENTIRINHAS DÓI DEMAIS
EU JÁ SEI QUE ESTOU SOZINHA SEM MEUS PAIS
ELES FORAM PRA BEM LONGE 
ESQUECERAM QUE NASCI
ME DEIXARAM SEM CARINHO POR AQUI...


Ô saudade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário