terça-feira, 11 de outubro de 2011

#QuemSeLembra?

It's me, MARIO!

Apesar de ter se tornado um ícone atemporal, todos sabem que o grande pulo do Mario foi no final dos anos 80 e início dos anos 90, quando firmou-se como garoto propaganda (e escravo) da Nintendo. 
O nosso querido bigodudo fez um sucesso estrondoso com os jogos de sua saga original; Super Mario Bros., Super Mario Bros. 2 (que alcançou sucesso por rebarba, pois, em verdade, é uma porcaria), Super Mario Bros. 3 (quando Bowser se apresentou como pai solteiro de sete diabinhos) e Super Mario World (que até hoje é considerado por muitos fãs o melhor jogo do mundo).


É verdade que ainda hoje temos acesso a esse passado divertido graças ao advento da internet e dos emuladores, fora os remakes para novos consoles, mas somente nós, criancinhas adultas, soubemos como foi encarar essas maravilhas como novidade.
Esse GIF é uma homenagem pessoal ao que foi o inferno da minha vida... Queridos, vou descer um pouco do pedestal e assumir minha condição humana, e como bom humano que sou, erro e cometo burrices; a maior delas foi levar oito anos para descobrir como sair da Floresta da Ilusão.
OITO ANOS!
OITO!

No meu tempo não rolava baixar um detonado do fórum virtual, tínhamos que esperar alguma revista bondosa publicar uma matéria com dicas e macetes sobre os jogos. Orgulho-me por ter zerado muitos deles sem nenhuma ajuda, mas evito falar sobre Super Mario World por causa dessa maldita floresta. Eu sabia fazer tudo no jogo, inclusive como manipular alguns erros gráficos e usá-los a meu favor, mas levei minha infância e adolescência inteiras para descobrir como chegava ao quinto castelo, passando então para a Ilha de Chocolate, o Navio Fantasma Naufragado e o mundo subterrâneo de Bowser.

TUDO PORQUE EU NUNCA
TENTEI ENTRAR NUM CANO
DA TERCEIRA FASE DA
FLORESTA DA ILUSÃO. 


Ô saudade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário